Home   CIRL
Informações sobre o Ribeirão Lajeado

Informações sobre o Ribeirão Lajeado

O Ribeirão Lajeado nasce na divisa de Penápolis e Alto Alegre. Com extensão de 38,5 km (5% Alto Alegre, 15% Barbosa e 80% Penápolis) ele deságua na barragem da usina hidroelétrica de Nova Avanhandava, no rio Tietê, entre Penápolis e Barbosa.

Apresentação

Somos uma organização que trabalha em harmonia com o meio ambiente, com o objetivo de recompor e preservar a bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado, único manancial de abastecimento urbano do município de Penápolis.
 

O Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado é uma entidade jurídica criada em 1991 que congrega os municípios de Alto Alegre, Barbosa e Penápolis, com a finalidade de realizar serviços de proteção, recuperação e preservação junto ao Ribeirão Lajeado, único manancial de abastecimento público da cidade de Penápolis.

A criação do Consórcio se deve, principalmente, pelo fato de nas últimas décadas do século 20, as áreas de matas naturais da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Lajeado serem reduzidas em mais de 90%, cedendo lugar a agricultura, cana-de-açúcar e pecuária.

Saiba mais

Estudos realizados nas propriedades rurais, que margeiam o Ribeirão Lajeado, para firmar parceria com os proprietários na recuperação das matas ciliares e conservação (manejo) de solo apontaram que, o desmatamento generalizado, a devastação da mata ciliar e o uso inadequado do solo provocam a erosão contínua das terras em toda a bacia hidrográfica.
A deposição dos sedimentos transportados pelas águas, em consequência das erosões, vinha contribuindo para o desaparecimento das áreas de baixadas e nascentes. As principais consequências dos processos de erosão e assoreamento na bacia do Lajeado eram a redução da quantidade e da qualidade de suas águas.

O Consórcio foi criado para ajudar a combater a erosão e o assoreamento da bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado, através do manejo de solo, plantio de espécies nativas e manutenção destas áreas pela equipe de campo, proporcionando, assim, água em quantidade e qualidade à população penapolense.

A recuperação de nascentes se dá no plantio de novas mudas na mata ciliar, em volta das nascentes, onde os animais que ali habitam são retirados com cerca de proteção, para preservação das novas mudas. Ao longo dos anos esse plantio se torna uma floresta, ficando a nascente protegida, evitando assim a erosão e o desaparecimento do leito do início do rio.
Foi comprovado que o volume de água aumenta consideravelmente com a recuperação das nascentes, sendo assim, o volume de água do Ribeirão Lajeado está numa crescente, um trabalho de longo prazo, mas que  já mostra evidências de preservação do único manancial que abastece Penápolis, com água suficiente para abastecer toda a cidade mesmo nos períodos de estiagem.

Projetos

Recomposição da Mata Ciliar

A recomposição da Mata Ciliar consiste no plantio de mudas nativas em toda a A.P.P. (Área de Preservação Permanente) da bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado, com espécies pioneiras e secundárias, mediante levantamento da flora de nossa região.

Algumas espécies pioneiras (nomes populares): Embaúba, Farinha Seca, Caju, Babosa, Aroeirinha, Angico vermelho, amendoim bravo, Bracatinga, Angico amarelo e amendoim do campo, entre outros.

Algumas espécies secundárias (nomes populares): Barbatimão, aroeira preta, aroeira aromática, araçá, araçá-amarelo, angico branco, amendoim do campo, Buriti, Canelinha e Fedegoso, entre outros.

O trabalho de reflorestamento é realizado em parceria com a Fundação S.O.S. Mata Atlântica e possui como meta recompor toda a mata ciliar ao longo da bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado, desde sua nascente, no município de Alto Alegre, passando por Penápolis, onde se encontra 80% de sua extensão, até sua foz no rio Tietê, que fica na cidade de Barbosa.

Manejo Conservacionista de Solo

Consiste na execução de serviços de manejo e conservação de solo, com construção de bacias coletoras de águas pluviais, junto às estradas rurais, terraços e curvas de nível, para redução da erosão e assoreamento da Bacia do Ribeirão Lajeado. Este trabalho atende principalmente aos pequenos e médios proprietários rurais, de toda a Bacia do Ribeirão Lajeado.

Conservação de Estradas Rurais

Outro serviço de responsabilidade do Consórcio Ribeirão Lajeado consiste no preparo do solo para melhoria do escoamento do que é produzido pelos proprietários rurais do município, através de tombamento de encostas e barrancos e posterior construção dos populares “camaleões”, lombadas que dimunuem a intensidade das enxurradas,  curvas de nível e bacias coletoras de águas pluviais, com o objetivo de evitar o assoreamento dos cursos d’água da bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado.

Conservação das Nascentes

O Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado está promovendo a revitalização das nascentes do Ribeirão Lajeado e de seus principais afluentes como o córrego do saltinho do Galinari, córrego do Santana e córrego do Araponga.

Áreas de Preservação Permanente

Consiste em uma faixa de terra de 30 metros do leito do curso d’água (olho d’água, nascente, córrego, riacho, rio, etc) onde o proprietário não poderá fazer a retirada de nenhuma espécie da mata ali existente.


O Consórcio, ao longo de sua existência, demarcou por meio de topografia e Marcos de concreto numerados toda a área de preservação permanente (A.P.P.) da nascente até a captação de água do Ribeirão Lajeado. Com o objetivo de conscientização dos proprietários linderios quanto à preservação dessas áreas.

Corredores para Gado

Consiste em uma faixa de terra com acesso ao curso d’água entre a APP e a propriedade para que o gado possa beber água sem que a faixa de APP seja prejudicada pelos animais.

Projeto de Prevenção de Acidentes Automobilísticos visando à proteção do manancial Ribeirão Lajeado

Considerando que o único manancial de abastecimento urbano do município de Penápolis, o Ribeirão Lajeado, passa sob a rodovia Marechal Rondon, o Consórcio Ribeirão Lajeado em parceria com o DAEP e com o Departamento de Estradas de Rodagem - DER, elaborou este projeto tendo como principal objetivo a conscientização dos motoristas de veículos de transporte de produtos perigosos, como combustíveis, que podem, em caso de acidentes, contaminar o rio  prejudicando toda a população da cidade.

Este projeto consiste em elaboração e confecção de diversas placas de sinalização e advertência, onde constam novos limites de velocidade e proibição de parada e estacionamento no trecho considerado como área de manancial para os veículos que transportam produtos perigosos.

Placa de Recomposição Ciliar

Com o objetivo de efetuar maior contole das áreas trabalhadas, o Consórcio destaca as áreas onde são efetuados os plantios e ações de reflorestamento por meio de placas de identificação, informando que em determinadas propriedades existem ações de reflorestamento ciliar e manutenção do plantio mantidas pelo mesmo.

Bacia Hidrográfica do Ribeirão Lajeado

O Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado mantém todos estes projetos acima especificados, que, somados, possuem, como objetivo comum, a recuperação e preservação da bacia hidrográfica do Ribeirão Lajeado, único manancial de abastecimento urbano do município de Penápolis. Diagnóstico realizado em 1991 destacou as áreas prioritárias à montante da captação de água do município a serem trabalhadas.

Resumo histórico

Durante toda a história de trabalho do Consórcio Intermunicipal Ribeirão Lajeado já foram realizadas milhares de atividades junto às propriedades rurais da cidade de Penápolis, atingindo como resultado mais de 33.000 horas máquinas trabalhadas, construindo curvas de nível e bacias coletoras de águas pluviais, mais de 353.000 mudas plantadas, além disso, realizam instalações de cercas com corredores para gado, conservação das estradas e mais de 532 propriedades atendidas.


Confira abaixo uma tabela com o nosso resumo histórico:

 

Quantidade Horas / Máquinas Propriedades atendidas Plantio

1992

-o-

-o-

1.365

1993

2.000 h

18

125

1994

1.200 h

27

2.642

1995

-o-

-o-

9.865

1996

1.100 h

-o-

6.464

1997

4.467,2 h

35

23.633

1998

3.011 h

14

81.809

1999

391 h

18

61.000

2000

2.549,5 h

11

-o-

2001

2.206 h

24

12.552

2002

1.553 h

21

10.087

2003

1.803 h

27

8.400

2004

1.465 h

36

10.000

2005

349 h

-o-

8.150

2006

769 h

32

16.605

2007

1.830 h

39

13.573

2008

1.815 h

29

21.669

2009

1.447 h

54

23.991

2010

1.189 h

21

12.426

2011

1.353 h

 48

   3.885

2012

838 h

26

  4.583

2013

1.448 h

19

10.308

2014

945 h

33

10.697

                                2015

                               897 h                                   23                              11.998

                                2016

                           1.021,45 h                                   25                               6.760

TOTAL

35.647,15 h

580

 372.587 

(dados: até dezembro/2016)

 

Você, proprietário rural com chácaras, sítios e fazendas pertencentes à bacia do Lajeado, também pode contribuir para a revitalização do nosso ribeirão. Contrate os serviços de manejo de solo do Consórcio, com descontos de 20% a 80% no valor de mercado das horas-máquinas e ajude a evitar o assoreamento da única fonte de abastecimento de Penápolis.

Entre em contato conosco: (18) 3654-6100 ramal 134

Entre em contato com a CEA: cirl@daep.com.br (18) 3654-6100 - ramal 134