Ir direto para o conteúdo Ir para a página principal Ir para o conteúdo Buscar no portal Ir para o mapa do site
0800 0170 195
A+
A
A-
Home   Notícias e Eventos

29/12/2020

Aterro sanitário obtém licença de operação até 2025

Aterro sanitário obtém licença de operação até 2025

O aterro recebeu neste ano a nota 9,7 na avaliação da Cetesb numa escala de 0 a 10

O aterro sanitário de Penápolis passou por uma vistoria técnica da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo) para a liberação da Licença de Operação da área que recebe resíduos sólidos domésticos. O documento foi emitido no último dia 18 e tem validade por cinco anos. 
O aterro sanitário está localizado na Estrada Municipal Elpídio Aurélio Ferreira, S/N e recebe todos os resíduos domiciliares gerados pelos penapolenses. Em 2020, em avaliação feita semestralmente, o aterro sanitário recebeu nota 9,7 numa escala de 0 a 10.
A partir de 2021, entrará em funcionamento a terceira célula do aterro sanitário. O espaço foi preparado com a infraestrutura necessária para operar dentro dos padrões técnicos exigidos pelo órgão ambiental. 
O presidente do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis), Edson Bilche Girotto, o Batata, explicou que assim que os resíduos chegam ao local, devem ser aterrados, seguindo os requisitos técnicos do projeto apresentados à Cetesb
“Para manter a disposição de forma adequada, precisamos garantir a compactação e o recobrimento contínuo e imediato com o solo, os equipamentos necessários devem ficar disponíveis para a operação do aterro sanitário. As atividades de manutenção e monitoramento são executadas continuamente durante todo o período”, afirmou Batata. 
“Penápolis é um dos poucos municípios que possui aterro próprio, pois a maioria dos municípios de médio porte terceiriza esta atividade. O nosso aterro cumpre todos os requisitos exigidos pela Cetesb. Além disso, os processos do Daep possuem a certificação da norma internacional ISO 9001:2015, que inclui a destinação final dos resíduos no aterro sanitário”, concluiu o presidente do Daep.

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: