Home   Notícias e Eventos

15/03/2019

Capacitação: Munícipes aprendem sobre compostagem em casa

Capacitação: Munícipes aprendem sobre compostagem em casa

Daep adquiriu 50 composteiras para distribuir aos inscritos

Ao todo 50 pessoas, todas voluntárias, participaram na última terça-feira (12), da capacitação realizada pelo Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis), para ensinar aos interessados como fazer compostagem caseira adequadamente. 
A iniciativa faz parte do Projeto Compostar é Bem Estar, promovido pelo departamento, e foi ministrada pela pedagoga do Centro de Educação Ambiental, Fernanda Marin Campachi, no “Auditório José Antonio Sacomani”.
Os 50 participantes fazem parte de uma primeira etapa do projeto, que em breve deverá cadastrar e capacitar novos interessados.
A adoção do método de compostagem caseira é gratuita, e funciona sob a supervisão da equipe do Centro de Educação Ambiental. O público-alvo do projeto são residências, escolas, restaurantes e outros geradores de resíduos orgânicos da área urbana.
Para que os munícipes participassem, o Daep adquiriu 50 composteiras de pequeno e médio porte, que foram distribuídas aos inscritos. O tamanho dos recipientes varia de acordo com a quantidade de resíduos orgânicos gerados na residência ou estabelecimento.
As composteiras são um sistema de caixas onde são colocados os restos de alimentos produzidos na residência (folhas, cascas, sementes, talos, bagaço, entre outros) junto com um material seco para que sejam transformados em adubo. 
O projeto tem objetivo de conscientizar a comunidade para a preservação ambiental por meio do reaproveitamento dos resíduos orgânicos gerados no imóvel, diminuindo assim a quantidade descartada no aterro sanitário. 
O projeto está amparado na Lei Municipal 2.299/2018 que foi aprovada em agosto de 2018, e faz parte de uma das premissas do Programa Município Verde Azul, do Governo do Estado de São Paulo, que incentiva os municípios a buscarem alternativas sustentáveis de menos impacto para o meio ambiente.
O presidente do Daep, Edson Bilche Girotto “Batata”, ressaltou que o trabalho desenvolvido pelo Centro de Educação Ambiental é importante, pois favorece a multiplicação de boas ações voltadas para a sustentabilidade.
“Nossa missão é proporcionar mais qualidade de vida ao planeta. Nesse projeto de compostagem caseira podemos reaproveitar resíduos que seriam descartados no lixo orgânico, aumentando a vida útil do aterro e ainda usar o adubo orgânico em hortas, no jardim e vasos”, comentou ele.

Secom – PMP

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: