Home   Notícias e Eventos

30/04/2020

Coleta de recicláveis aumenta 15% durante a quarentena

Coleta de recicláveis aumenta 15% durante a quarentena

a quarentena muitas pessoas aproveitam para fazer limpeza e descarte de materiais recicláveis em desuso, que vão para a Corpe

Todos os coletores de lixo da cidade e também os integrantes da Corpe (Cooperativa de Recicladores de Penápolis) continuam com o trabalho em ritmo acelerado, mesmo em meio à pandemia pelo Covid-19. Desde o início das medidas de proteção implantadas no país, os serviços seguem normalmente pelas ruas dos bairros, para garantir a coleta do resíduo gerado pela população penapolense.
No início desta semana, o presidente do Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis), Márcio Wanderley, esteve na Corpe para conversar com seus cooperados, destacando a todos a importância do trabalho realizado pela entidade.
Ainda durante o encontro, o presidente aproveitou para enfatizar a questão da proteção dos trabalhadores através do uso correto de EPIs (equipamentos de proteção individual), que resguardam a todos do risco de contrair não só o coronavírus, mas também outras doenças.

Aumento
De acordo com levantamento, durante a quarentena a quantidade de materiais recicláveis aumentou em cerca de 15% em relação ao período anterior às medidas de prevenção.
O presidente Márcio explicou que o aumento dos resíduos se deve à maior permanência das pessoas em suas residências.
“Muitos aproveitam para fazer limpeza e descarte de materiais em desuso, principalmente plásticos e eletrodomésticos inservíveis”, disse ele. 
“Com isso, há necessidade de que a cooperativa trabalhe a todo vapor a fim de evitar o acúmulo de materiais”, enfatizou.
Ele aproveitou para lembrar que é importante que, nessa época de isolamento, as pessoas cumpram o cronograma da coleta de lixo nos seus bairros, colocando os resíduos no dia e horário correto.
“É sempre bom lembrar que, no caso dos resíduos orgânicos, eles sejam embalados corretamente com sacos resistentes e fechados, para evitar o contato dos trabalhadores com possíveis resíduos contaminados”, lembrou. 
O Daep fornece todos os equipamentos de proteção necessários para seus servidores da coleta e também para os cooperados da Corpe. 
“Porém, apesar de usarem luvas e outros equipamentos de proteção, todos ficam expostos ao vírus e outras bactérias, caso um saco esteja mal fechado ou tenha rasgos”, alertou. 
Sobre o descarte de máscaras e luvas, usadas pela comunidade nesta época de pandemia, a orientação é para que os mesmos sejam dispensados no lixo comum, de preferência envolvidos dentro de um saquinho plástico. Não se deve jogar este tipo de material no lixo reciclável.
“Desta forma, colaborar com atitudes simples, é extremamente necessário para o bem de todos”, concluiu ele. 

Ecopontos
Os seis ecopontos existentes na cidade também continuam funcionando normalmente a fim de receber os resíduos de podas de árvores e entulhos de pequeno volume, evitando assim que as estradas rurais e pontos viciados de entulhos sofram com o despejo irregular.
Estes ecopontos funcionam de segunda-feira a sábado, no horário das 07h às 19h.

Secom – PMP

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: