Home   Notícias e Eventos

11/02/2020

Daep investe mais de R$ 1,5 milhão na melhoria de serviços

Daep investe mais de R$ 1,5 milhão na melhoria de serviços

Motoristas tiveram treinamento oferecido pelo fornecedor, que orientou sobre o manuseio adequado dos novos caminhões e máquina

Na última semana o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto) finalizou o processo de aquisição de máquinas, caminhões e equipamentos destinados à melhoria dos serviços prestados. Com um investimento próprio de R$ 1.540.000,00 foi possível adquirir uma escavadeira hidráulica, uma pá carregadeira, um caminhão com equipamento de tanque pipa de 20 mil litros e um caminhão trucado com caçamba basculante.
Os novos equipamentos foram adquiridos por meio de processo licitatório. Os mesmos já foram entregues dentro das condições do edital. 
A pá carregadeira 4x4, zero quilômetro, foi comprada pelo valor de R$ 367.000,00; este foi o primeiro item entregue. Em seguida chegaram o caminhão 6x4, zero quilômetro, possui caçamba basculante com capacidade de carga de 14 metros cúbicos. O mesmo tem valor de R$ 346.000,00. 
Por fim chegaram os demais: a máquina escavadeira hidráulica zero quilômetro, pelo valor homologado de R$ 469.000,00, e um caminhão 6x4 zero quilômetro, com tanque tipo “pipa”. O tanque tem capacidade volumétrica de no mínimo 20 mil, e o valor final do veículo foi de R$ 358 mil.
Todos os novos veículos possuem garantia de 12 meses, com as revisões no período da garantia. A entrega técnica contou com um treinamento oferecido pelo fornecedor, que orientou sobre o manuseio adequado.
Os equipamentos serão utilizados diretamente pelos servidores do Daep que trabalham no serviço de conserto de vazamentos de redes de água, desobstrução de esgoto, limpeza de ecopontos e operações no aterro sanitário. 
De acordo com o presidente do Daep, Edson Bilche Giroto, o Batata, os equipamentos sofrem desgastes ao longo dos anos devido ao trabalho pesado. “Há necessidade de investir na melhoria da frota para que os serviços prestados não sofram interrupções devido à quebra”, disse.

Secom – PMP 

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: