Home   Notícias e Eventos

10/03/2019

Daep lançará projeto de compostagem terça-feira

Daep lançará projeto de compostagem terça-feira

A adoção do método de compostagem caseira é gratuita, e todos os interessados podem fazer um cadastramento no Daep

O Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) realizará no próximo dia 12, terça-feira, o lançamento Projeto “Compostar é Bem-Estar”. O evento acontecerá na sede do departamento – avenida Adelino Peters 217, Vila São Vicente – às 14h. Nesta primeira etapa do projeto foram cadastradas 50 pessoas interessadas em aprender a compostar o lixo orgânico adequadamente, sob a supervisão do Daep.
O projeto tem objetivo de conscientizar a comunidade para a preservação ambiental por meio do reaproveitamento dos resíduos orgânicos gerados no imóvel, diminuindo assim a quantidade descartada no aterro sanitário. O projeto está amparado na Lei Municipal 2.299/2018 que foi aprovada em agosto de 2018.
O Daep adquiriu 50 composteiras de pequeno e médio porte que serão distribuídas aos inscritos no dia do lançamento do projeto. O tamanho é de acordo com a quantidade de resíduos orgânicos gerados no imóvel, sendo proporcional ao número de pessoas residentes na casa, informado na ficha de adesão. 
A adoção do método de compostagem caseira é gratuita, e todos os interessados podem fazer um cadastramento no Daep. O público-alvo são residências, escolas, restaurantes e outros geradores de resíduos orgânicos na área urbana do município de Penápolis. 
Além da doação da composteira, no dia do lançamento haverá um curso de capacitação para os inscritos, coordenada pela equipe do Centro de Educação Ambiental do Daep. Após o início da compostagem, o participante será monitorado mensalmente pela mesma equipe.
As composteiras são um sistema de caixas onde serão colocados os restos de alimentos produzidos na residência (cascas, sementes, talos, bagaço, etc...) junto com um material seco para que sejam transformadas em adubos.
O presidente do Daep, Edson Bilche Girotto “Batata”, informou que esta ação aumentará a conscientização das pessoas, e ressaltou que está diretamente ligada ao Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos, conforme a Lei Municipal 2.073/2015.
Batata ainda ressaltou o trabalho desenvolvido pelo Centro Ambiental é muito importante para que a população se sensibilize com as questões ambientais. Ele ainda frisou que a ação será também de fundamental importância para o atendimento das premissas do Programa Município Verde Azul.

Secom – PMP

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: