Ir direto para o conteúdo Ir para a página principal Ir para o conteúdo Buscar no portal Ir para o mapa do site
0800 0170 195
A+
A
A-
Home   Notícias e Eventos

29/11/2020

Museu da Água: Acervo conta história do saneamento de Penápolis

Museu da Água: Acervo conta história do saneamento de Penápolis

Após a organização do acervo, o Museu estará aberto à visitação diariamente

A história do saneamento de Penápolis contata a partir de antigas peças é o tema do Museu da Água, sediado na antiga Estação de Captação de Água. O espaço foi todo reformado e adaptado para expor o acervo que está em processo de organização. Assim que o espaço tiver pronto, será aberto diariamente à visitação ao público.
Para a organização do acervo, o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) conta com a parceria da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. O trabalho de montagem do acervo é executado pela coordenadora do Museu Histórico e especialista no tema, Alessandra Nadai.
As peças contam a história do saneamento de Penápolis estão sendo resgatadas pela equipe. Um exemplo é a primeira bicicleta da autarquia que era utilizada para percorrer as ruas para execução de serviços. O objeto está sendo restaurada para compor o acervo do museu.
Segundo a pedagoga do Daep, Fernanda Campachi, o resgate da história do saneamento na cidade é uma forma de preservar acontecimentos importantes que fizeram parte da cidade. “Ao visitar o Centro de Educação Ambiental e o Museu, os jovens, terão oportunidade de conhecer este patrimônio histórico da cidade e assim aumentar sua percepção sobre a importância da água”, destacou.
O museu está localizado no prédio da antiga Estação de Captação de Água, na Altino Vaz de Mello s/n. O espaço passou por diversas melhorias como a troca do forro do prédio, pintura das paredes internas, substituição de todos os vidros e esquadrias. O prédio também foi adaptado para a acessibilidade, com rampas para cadeirantes e instalação de corrimãos. 
O presidente o Daep, Edson Bilche Girotto, o Batata, acrescentou que espera que a comunidade visite com frequência o local e conheça a história do saneamento. “Hoje temos 100% de abrangência em abastecimento de água e esgotos coletados devido à contribuição de vários gestores públicos ao longo de mais de 40 anos de trabalho”, concluiu. 

Saneamento em Penápolis 
O sistema de saneamento de Penápolis foi implantado em 1938, na administração do prefeito Graciliano de Oliveira. O engenheiro responsável foi Isac Pereira Garcez, e seu projeto previa a captação de água no Ribeirão Lajeado, e o tratamento convencional através de uma Estação de Tratamento, localizada junto à Captação. A Estação tinha capacidade de tratamento de 45 litros de água por segundo. 
O prédio do Museu é a antiga Estação de Tratamento de Água construída em 1938. Em 1967 o prédio saiu de operação para dar lugar a ETA que esta em operação até hoje, localizada na sede do Daep na avenida Adelino Peters, 217. A atual Estação tem capacidade de tratar 450 litros de água por segundo.

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: