Home   Notícias e Eventos

05/08/2017

R$ 180 mil: Daep investe em melhorias nos decantadores da ETA

R$ 180 mil: Daep investe em melhorias nos decantadores da ETA

Os trabalhos foram executados pelos servidores do Daep, o que gerou uma economia de R$ 160 mil

Com o objetivo de melhorar o tratamento da água distribuída à população, o Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis) concluiu as obras na Estação de Tratamento de Água. Em um investimento de R$ 180 mil, de recursos próprios da autarquia, foi realizada a troca dos Módulos de Decantação.
 Segundo o diretor presidente do Daep, Edson Bilche Girotto, o “Batata”, os módulos que estavam no decantador foram instalados há cerca de 15 anos, utilizando tubos com seção retangular em PVC, colados com cola própria e apoiados em uma estrutura de sustentação de madeira.
“Com o passar do tempo os módulos foram se desprendendo e abrindo grandes lacunas no decantador. Isso dificultava o tratamento de água, pois os sólidos que não se aglutinavam eram direcionados para os filtros que ficavam sobrecarregados, aumentando o número de retrolavagens”, explica.
 Para a realização da obra, o Daep investiu cerca de R$ 180 mil, de recursos próprios, na compra dos módulos do decantador. Os trabalhos foram executados pelos próprios servidores da autarquia, o que gerou uma economia de R$ 160 mil.
“Fizemos um orçamento para que uma empresa realizasse o serviço e fornecesse o material necessário, o que geraria um custo de R$ 340 mil. Como temos um corpo técnico capaz de realizar tal serviço, fizemos um planejamento e os nossos servidores foram responsáveis pela melhoria. Com isso, economizamos R$ 160 mil, recursos que serão investidos em outras melhorias”, destaca o presidente do Daep.
 Ainda segundo o presidente, o trabalho foi muito bem executado pelos servidores. “Recebemos a visita do representante técnico da empresa vencedora da licitação para verificar a instalação dos módulos. Ele ficou muito surpreso com o que encontrou, pois o serviço foi realizado com muita qualidade”, afirma Batata.
 Para montagem dos módulos, foi necessário realizar algumas modificações na estrutura de sustentação. A estrutura feita com novos caibros longitudinais foi montada pela equipe de carpintaria da Secretaria Municipal de Obras e Serviços.

Decantador
 O chefe da Estação de Tratamento de Água, Anderson Pardim Cardozo, explica o processo para o tratamento da água e a importância do decantador. “Após a fase de floculação (formação de flocos), a água segue para os decantadores. Antes de entrar no tanque de decantação, a água passa por uma cortina que quebra sua velocidade para não desfazer os flocos”, detalha.
“A partir daí, os flocos maiores decantam e a água segue em um fluxo ascendente. Os flocos menores ainda existentes sobem e se aglutinam nos módulos. Aí está a importância dos módulos: reter os flocos aumentando a eficiência no tratamento”, acrescenta.
“Os novos módulos foram adquiridos com área de seção sextavada, que aumenta a eficiência da remoção de sólidos e também auxilia na sua limpeza. Construídos com material PSAI Poliestireno de cor preta e sem a utilização de nenhum corpo estranho (cola ou arrebite), são blocos com maior resistência e durabilidade”, finaliza o chefe da ETA.

Secom – PMP

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: