Home   Notícias e Eventos

23/06/2020

Reforma do Museu da Água é finalizada

Reforma do Museu da Água é finalizada

Acervo do Museu da Água será organizado para a abertura à visitação

Foi concluída na última semana, a reforma do antigo prédio da ETA (Estação de Tratamento de Água) que abrigará o “Museu da Água”, que contará a evolução da gestão do saneamento de Penápolis. A próxima fase será a adequação e organização do acervo para a abertura ao público e à visitação, após o período de pandemia de Covid-19.

O prédio está localizado ao Lado da Captação de Água e anexo ao Centro de Educação Ambiental, na avenida Altino Vaz de Mello.  A reforma foi iniciada em março e realizada pela empresa Antonio de Oliveira Serviços e Instalações ME – Prime Work, vencedora de processo licitatório realizado pelo Daep (Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Penápolis).
O espaço recebeu melhorias como a troca do forro, pintura das paredes internas, troca de todos os vidros e esquadrias além de adaptação do prédio com obras de acessibilidade como rampas para cadeirantes e instalação de corrimões. Além disso, a equipe do Daep fez a pintura de algumas peças antigas, como a banca de aferição, a primeira bicicleta e outras peças existentes no museu.
Segundo a pedagoga do Daep, Fernanda Campachi, a reforma é importante para resguardar a história do saneamento na cidade. “Também, é uma forma de transmitir a evolução dos serviços ao longo dos anos para os mais jovens e assim, promover o resgate e valorização de mais um dos patrimônios históricos da cidade, fomentar a Educação Ambiental e a preservação dos Recursos Hídricos”, destacou. 
O presidente do Daep, Márcio Wanderley, explicou que a próxima fase será a organização das peças do acervo do Museu. “Para isso, contaremos com uma parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo que nos auxiliará na identificação de todas as peças que farão parte do acervo”, afirmou.
“Com todo o acervo pronto, o Museu estará aberto à visitação diariamente. Assim que o período de pandemia passar, teremos a inauguração do espaço para que todos possam conhecer um pouco da evolução da gestão da água em nosso município através do acervo de fotos e peças diversas que contam a história do tratamento de água em Penápolis”, concluiu o presidente do Daep. 

História do Saneamento
O sistema de saneamento de Penápolis foi implantado em 1938, na administração do prefeito Graciliano de Oliveira. O engenheiro responsável foi Isac Pereira Garcez, e seu projeto previa a captação de água no Ribeirão Lajeado, e o tratamento convencional através de uma Estação de Tratamento, localizada junto à Captação. A Estação tinha capacidade de tratamento de 45 litros de água por segundo. 
O prédio do Museu é a antiga Estação de Tratamento de Água construída em 1938. Em 1967 o prédio saiu de operação para dar lugar a ETA que esta em operação até hoje, localizada na sede do Daep na avenida Adelino Peters, 217. A atual Estação tem capacidade de tratar 450 litros de água por segundo. 
Atualmente, o saneamento de Penápolis é considerado referencia nacional com atendimento de 100% para a comunidade urbana em serviços de água, esgoto e resíduos sólidos.

Secom – PMP

« Voltar ao índice de notícias
Veja também: